Review: Dezesseis Luas

Escrito por: | em 08/08/2011 | Adicionar Comentário |

O livro Dezesseis Luas é o primeiro livro da trilogia Beautiful Creatures, escrito por Margareth Stohl e Kami Garcia e publicado pela Editora Galera Record.

O livro conta a história dos adolescentes Ethan Wate, e Lena Duchannes, e maior parte da história é passada pela visão de Ethan, uma coisa que me agradou muito, pois adoro livros em primeira pessoa.

Este artigo contém spoilers.

Ethan tem 16 anos e é filho de dois escritores, sendo que sua mãe morreu a pouco tempo e o pai dele fica o tempo todo dentro do escritório. Ele passa à ter sonhos repetidos em que precisa ajudar uma menina, sendo que esta garota têm um cheiro marcante de capim-limão (não que eu lembre de cheiros quando sonho). Desde sempre Amarie Treadeau, à quem ele chama de Amma, trabalha na casa dele e o trata como se fosse um filho. Ele tem como melhor amigo Wesley Jefferson Lincoln , Link, com quem ele vai diariamente para a escola.

No primeiro dia de aula chega uma menina nova na pequena cidade de Gatlin, quem ele reconhece sendo a menina dos seus sonhos, literalmente. Ela também parece o reconhecer, por algum motivo ainda misterioso. Mais tarde ele descobre que o nome dela é Lena Duchannes, e ela é sobrinha de Macon Ravenwood, um homem que todos na cidade acreditam ser louco.

Depois de um tempo os dois começam a namorar e Ethan descobre que Lena é uma conjuradora (ou seja, Mago). Um dia andando pela propriedade vizinha do tio de Lena eles encontram um medalhão, e quando eles o tocam têm visões, que eles descobrem ser de seus antepassados, Ethan Carter Wate e Genevieve Katherine Duchannes.

Com as visões que eles têm quando tocam o medalhão, descobrem que Ethan Carter e Genevieve eram apaixonados e quando Ethan Carter estava para morrer Genevieve fez um feitiço para salvá-lo, e isso acabou ocasionando uma maldição em seus descendentes: quando eles fizessem dezesseis anos, seriam escolhidos pelas Trevas ou Luz. O amaldiçoado não têm como escolher, e a partir deste ponto divisor ele é bom ou mal para sempre.

E esta é toda a situação do primeiro livro. Lena completará dezesseis anos e será definida como Luz ou Trevas. Ficam algumas dúvidas à respeito do primeiro livro também, uma delas é se Ethan é normal mesmo ou possui algum dom especial, dúvidas que serão respondidas nos próximos livros, pois, para variar, se trata de uma série.

Eu gostei bastante do livro, tem uma leitura fluida, sendo que quando ele chegou em casa eu estava lendo Guerra dos Tronos (estava nas primeiras 50 páginas) e fui dar apenas uma olhadinha no primeiro capítulo e acabei lendo o livro inteiro. Recomendo a leitura, o livro é bem mais do que a minha resenha, e eu não quis dar muitos spoilers.

Os direitos dos livros já foi comprado pela Warner Bros, tem alguns boatos sobre os atores, mas nada confirmado ainda. O segundo livro deve sair até o fim do ano aqui no Brasil.



Categorias: Review: Literatura
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Thaís Priolli

Louca por distopias, sempre com uma teoria de "E se...". Não pretende morrer neste planeta.

Adicione um comentário