Notícias Subterrâneas: Novamente Atrasado

Escrito por: | em 22/03/2013 | Adicionar Comentário |

Saudações! Chego hoje com mais um informe de notícias domini… Digo, ahn… Como podem ver, estou novamente atrasado. MUITO atrasado. Então, não vamos perder ainda mais tempo com explicações para minha demora, ok?

3~17/03

Preenchendo a cota de novas edições e omnibus (omnibuses?),   temos uma nova edição (via Night Shade) de Empty Space: A Haunting **, do extremamente inventivo M. John Harrison. E também aterrissa entre nós um compêndio de Garrett, PI: Garrett for Hire **; só para relembrar, é a série de fantasia urbana do Glen (fucking) Cook.

Garrett for HireEmpty Space

 

Terry Brooks, digo, SENHOR Terry Brooks (dito com reverência), lançou o segundo livro de The Dark Legacy of Shannara: Bloodfire Quest **^. Se alguém aí quer começar com Shannara, boa sorte, só tem n-centos livros pela frente. E não, eu AINDA não cheguei perto de quase nada do Terry Brooks, mas assisti a uma fantástica (ha-ha!) aula de escrita criativa em que ele foi o convidado de honra; engoli tudo que já disse sobre Shannara ser uma série tradicionalista e fraca demais. Sim, preciso registrar isso aqui em busca por redenção. 

Bloodfire Quest

Sister of Mine ^(Nalo Hopkinson), embora quase tenha ficado presa no filtro de genéricos, ganhou a menção por adicionar “gêmeas siamesas” à equação “família de magos com dois filhos, mas só um com poderes mágicos”.

Sister Mine

After the End (Haley Nicole) também passou por pouco, caso a primeira frase da sinopse fosse um pouquinho mais longa talvez tivesse ficado para trás. Como teve a extensão certa para não disparar o alarme, comento-o. After the End é uma fantasia – que chuto ser medieval – na qual a heroína constrói sua vida sobre a caçada àquele que destruiu sua vila e assassinou seus familiares. Por que não ficou no filtro: o início da sinopse é que esse antagonista está morto e a protagonista não sabe mais o que fazer. Então ela é enviada de volta no tempo, como uma tigresa, pelos deuses e começa a buscar novos sentidos para sua vida, enquanto redescobre o mundo por novos olhos (literalmente). A proposta parece legal e eu, afinal, sou um desses que gostam de livros como Tailchaser’s Song… Ahn, mas falemos disso mais para a frente.

 After the End

Quanto a No Return **^(Zachary Jernigan), me restrinjo a deixar a capa aqui. PONTO.Domingo seguinte retomo o assunto. Junto a No Return, três livros sobre os quais não tenho muitos comentários: A Turn of Light **^(Julie E. Czerneda), Shadow of Freedom*^ – ameodeos, mais um de Honorverse no mundo – (David Weber), e The MapMaker’s War: A Legend ** (de Ronlyn Domingue, que na verdade tem uma sinopse muito boa, mas comentar sobre seria só transcrevê-la sem sequer resumi-la).

No ReturnA Turn of LightThe Mapmaker's WarShadow of Freedom

Agora, o tsunami. Muitos livros infanto-juvenis saíram ao longo das duas últimas semanas. Perdão, “muitos” não fala de metade.Fiz alguns cortes e afinei o pente para facilitar minha tarefa agora, o que nos deixa com só cinco deles. Primeiramente, Ghoulish Song **^(William Alexandre) é no estilo “conto de fadas sombrio” (seria um mythpunk da Catherynne M. Valente ou algo de Neil Gaiman?) só que para um público infanto-juvenil (jovens pais, começai a doutrinar vossos filhos). Above World: Mirage **^(Jenn Reese) é o segundo em uma série que, enquanto me lembrou um pouco Percy Jackson, tem na sinopse uma quantidade de nomes de raças e locais que espero de livros de fantasia épica (ponto para Mirage). Falando em Percy Jackson, vamos puxar Spyderwick, vamos incluir vários desenhos animados, vamos abrir também o leque de tudo que já foi feito sob a introdução “jovem guardião do mundo mágico” e ainda vou adicionar mais dois: Midnight Blue-light Special **^(Seanan McGuire), que inclusive vou recomendar para minha irmãzinha, e The Legend Thief **(E. J. Patten) – só vejam a capa, fala per si -, ambos segundos livros em novas séries.

Ghoulish SongThe Legend Thief Midnight Blue-Light SpecialMirage (Above World)

 

Para concluir: Warriors de Erin Hunter. O primeiro livro da quinta série de Warriors (lançado no Brasil como Gatos Guerreiros pela WMF Martins Fontes), Dawn of the Clans, The Sun Trail ** conta a história de um clã diferente dos apresentados nas séries anteriores. Opa, adianto-me. [pigarreando]. Warriors (Gatos Guerreiros) é uma série de fantasia infanto-juvenil baseada nos conflitos políticos, sociais e religiosos de tribos de gatos selvagens vivendo à margem do mundo dominado pelos humanos. Sim, já me entreguei; li boa parte das séries pois, como já disse, tenho um longo histórico com livros sobre animais (Caninos Brancos, Tailchaser’s Song, Call of the Wild, recentemente estou atrás de Animals That I Have Known). São ótimas leituras de banheiro e não há discussão sobre isso, ok? Antes de eu ler light novels, Warriors me acompanhou por dezenas de ciclos lunares. 

Sun Trail



Categorias: Notícias Subterrâneas

Lorde Worth

Caçador de Hobbies exóticos, leitor obsessivo e jogador compulsivo.

Comentário sobre Notícias Subterrâneas: Novamente Atrasado

  1. André

    Gostei dos lançamentos! =D

Adicione um comentário