Notícias Subterrâneas: Tad Williams, o mordomo e o galo

Escrito por: | em 15/09/2013 | Adicionar Comentário |

Saaaaaaaudações a todos! Lorde Worth aqui, trazendo um novo post das Notícias Subterrâneas, nosso periódico de notícias e previews de lançamentos. Há três semanas não apareço por aqui, quase uma eternidade. E mesmo com o pequeno intervalo em minhas publicações, a lista desta semana ainda está bem breve. Será que estou ficando muito criterioso ou é o nível médio dos livros que caiu? De qualquer forma, resgatei algumas publicações que merecem atenção. Todos a bordo do Transubterrâneo, rumo a nossa primeira parada, que é…

The Scroll of Years: A Gaunt and Bone Novel

1~15/09

The Scroll of Years: A Gaunt and Bone Novel (Chris Willrich).

Ok, eu olhei para isso com alguma desconfiança inicialmente… depois li uma review e o comecinho do livro e mudei de ideia. E decidi colocar na lista. E agora vou falar um pouco sobre The Scroll of Years. Um pouco. Chris Willrich lançou, neste mês de setembro, seu primeiro livro, que inicia uma série com um segundo volume já previsto. The Scroll of Years vale-se de uma estética chinesa para reescrever a história típica de capa-espada, crimes ousados e ladinos elegantes, que já vimos reescrita com muita elegância em Theft of Swords The Lies of Locke Lamora. Ah, e nossa dupla de ladinos elegantes é de fato um casal (não aquela dissimulação de Theft of Swords [piadinha]): Persimmon Gaunt, a poetisa, e Imago Bone, amaldiçoado e imorrível-pelo-tempo (se é que vocês me entendem). Usando todos os clichês das aventuras leves de fantasia clássica com aqueles twists que esperamos da contemporânea (colocar China Mieville na introdução é um bom indicativo disso), o resultado final parece-me interessante. No próximo Lord of the Samples: The Scroll of Years.

Happy Hour In HellSleepless KnightsThe Arrows of Time  

Se não houvesse por aqui um pouco de bajulação, meus leitores estranhariam. Assim sendo, trago a vocês  Bobby Dollar, livro 2: Happy Hour In Hell (Tad Williams) **^. Taaaaaaaaaaaaad Williams, meus amigos! Autor de Tailchaser’s Song (gatos e fantasia possuem uma atração bizarra) e Otherland, Tad continua com sua saga Bobby Dollar… Já disse antes que esse nome foi a ideia mais estúpida que ele já teve? Céus, que lixo! Sim, eu tenho uma grande aversão a essa série. Por outro lado, venero o Tad cegamente, e creio que devo ao menos dar o benefício da dúvida a Happy Hour in Hell. Ora, Tailchaser’s Song me impressionou positivamente.

Sleepless Knights (Mark Williams)**… Intriga-me. Todo herói precisa de seu sidekick, e não estou falando de um pré-adolescente fantasiado, estou me referindo aos sidekicks importantes, aqueles que limpam a sujeira dos heróis. Sim, estou falando dos mordomos como o Alfred. E Sleepless Knights é um épico dos mordomos, colocando no centro do palco Sir Lucas, o mordomo da Távola Redonda. Seguindo a lenda da imortalidade de Arthur e seus cavaleiros, Sleepless Knights retrata, nos dias atuais, sua luta muda para salvar a humanidade do apocalipse iminente.

  Para concluir o primeiro bloco: Orthogonal, livro 3: The Arrows of Time (Greg Egan)* Chega ao fim a controversa Orthogonal, trilogia iniciada em Clockwork Rocket que divide opiniões entre os fãs de sci-fi há algum tempo. O lado A diz que “esse lixo é uma perda de tempo, só gráficos e coisas difíceis; os alienígenas são humanos demais; cadê a parte divertida disso?”. O lado B, por sua vez, diz “é maravilhoso, um exercício mental refinado jogando com conceitos complexos de forma criativa”.

Como não li Clockwork Rocket, vou opinar que ambos os lados parecem certos. A trilogia Orthogonal retrata um universo em que o tempo é um eixo de deslocamento variável como o espaço, isto é, onde deslocar-se no tempo é o mesmo que deslocar-se no espaço. Ok, pode pensar sobre isso, eu espero. … … … Pronto? Bom, por meio de alguns vários diagramas de ondas, Greg Egan convence-nos de que isso não afeta a causalidade dos eventos tanto assim e prossegue para apresentar os Shapeshifters, nossa raça protagonista. Uma crítica bem válida é a de que os shifters possuem uma organização social-econômica-psicológica muito humana, não condizente com a estranheza de suas formas físicas adaptadas a esse universo. Francamente, eu pouco me importo com isso, mas não vou desmerecer as críticas. O resto da história é loucura de física teórica. Hard Sci-fi do mais alto nível, digno de boas dores de cabeça.

Cain's BloodThe Given Sacrifice: A Novel of the ChangeMaddAddam

Para o segundo bloco, os cotistas. Cain’s Blood (Geoffrey Girard)**^ fala sobre uma caçada a clones de serial-killers, e um dos protagonistas é o clone de Jeffrey Dahmer… É, pode ser bem pesado caso o autor seja aventureiro.

Emberverse, livro 10: The Given Sacrifice (S.M. Stirling)**^ Hmpf. Mais um de Novels of the Change. Céus, para onde isso vai? Já falei da série antes por aqui, então vou deixar só o resumo. Todos os eletrônicos pifam misteriosamente, caos mundial se instaura, tecnologias são perdidas, guerras são travadas, começa a nova sociedade bárbara/medieval.

 E, já que estamos falando de apocalipse, MaddAddam, livro 3: MaddAddam (Margaret Atwood)**^ também está por aí. É uma série sobre um mundo pós-apocalíptico que… Vende bem, mas não me interessou minimamente. Bom, muitos estão empolgados com isso, então coloco no post.

Monsters of the Earth Gideon Smith and the Mechanical Girl

 

Além disso, The Books of the Elements, livro 3: Monsters of the Earth (David Drake)**^ é uma fantasia histórica baseada nos romanos que parece meio morna. E Gideon Smith and the Mechanical Girl (David Barnett) ** é uma fábula steampunk. Steampunk, argh!

Bochicha (Richard P. Gatto), por fim, é uma pequena curiosidade. É um livro sobre um galo italiano.

É, isso aí.

Pensei que seria o melhor jeito de concluir o post. Agora estou repensando. Bom, até o próximo post. Fiquem com esta simpática capa galinácea.

Bochicha

 



Categorias: Notícias Subterrâneas
Tags: , , , , , , , , , ,

Lorde Worth

Caçador de Hobbies exóticos, leitor obsessivo e jogador compulsivo.

Adicione um comentário