Cinema

Cinema: A Perseguição

Publicado em by vinicius | em Cinema, Diversos, Review | Deixe um comentário  

“Mais uma vez na briga. Na última boa batalha que eu jamais conhecerei. Viver e morrer neste dia. Viver e morrer neste dia.”

John Ottway é um caçador que trabalha em uma refinaria de petróleo no Alasca. Seu dever é impedir que a vida selvagem seja uma real ameaça contra os funcionários (em sua maioria desajustados, ex criminosos e encrenqueiros que não conseguem viver em sociedade). Após semanas de trabalho, ao voltar para a civilização, o avião que os transportava cai em território selvagem, e além de terem de sobreviver aos ferimentos da queda, frio e fome, John e outros sobreviventes se veem caçados por implacáveis lobos.

A Perseguição (The Grey, 2012) tem em sua essência, mais do que a história de sobrevivência retratada pela situação em que os personagens se encontram. Gosto de pensar que o filme todo não está apenas na questão “como sobreviver?”, mas sim na real pergunta “por que sobreviver?”. Continue lendo…

Podcast – Parlamento das Corujas 2: The Thing (O Enigma do Outro Mundo, A Coisa)

Publicado em by Thaís Priolli | em Cinema, Podcast | Deixe um comentário  

Olá, Sejam bem-vindos ao Parlamento das Corujas!

Hoje temos um episódio especial de feriado.

Neste segundo podcast iremos falar sobre dois filmes. O primeiro deles é O Enigma do Outro Mundo, e o segundo é A Coisa.

Filme: O Enigma do Outro Mundo (1982)
Diretor: John Carpenter

Filme: A Coisa (2011)
Diretor: Matthijs van Heijningen Jr.

Duração: 44:00
Trilha Sonora: Art Of Escapism, Kai Engel.

 

 

Equipe: Gustavo Domingues, Kaide Tavian, Thaís Priolli e Vinícius Domingues

Gostou? Não gostou? Deixe um comentário.

Quer saber um pouco mais sobre nós, acesse aqui.

 

Cinema: John Wick

Publicado em by vinicius | em Cinema, Diversos, Outras Mídias, Resenha | Deixe um comentário  

“John Wick não é o bicho-papão, é quem você chama para matar o maldito bicho-papão”

Uma coisa que falta no cinema hoje em dia é criatividade. Não me leve a mal, mas pare e pense, quantos filmes você assistiu ultimamente que não eram adaptações de livros, quadrinhos, videogames, desenhos animados ou remakes, reboots e readaptações? Assim como vocês, eu adoro a maior parte desses filmes todos, mas sinto falta de algo novo e realmente bom.

É aí que entra John Wick.

Continue lendo…