Senhor dos Anéis, desprezado em seu tempo.

Publicado em by Gustavo Domingues | em Curiosidades | 10 Comentários

Hoje qualquer um conhece a série joalheira escrita por J.R.R. Tolkien que moveu todo o mundo cinematográfico nerd durante três anos, e para quem eventualmente não conheça, deixe-me atualizá-lo:

Senhor dos Anéis é uma história que poderia ser definida como uma batalha da moda: Um bando de indivíduos de raças extremamente diferentes põe de lado seu racismo mútuo e fumam muita erva enquanto discutem itens de joalheria, aí temos nove anéis pra lá, sete anéis pra cá, três anéis pros elfos e um pra todos dominar. E Gandalf o Multicolorido têm muita influência na opinião geral que consente em queimar o infame anel do pequeno Hobbit.

Meu anel?!

Hoje em dia os livros são considerados uma obra-prima da literatura anglo-saxã, e no Reino Unido só perdem em vendas para a Bíblia (outro livro com histórias que geram discussões até hoje, mas um pouco mais sangrentas). Mas agora vêm o soco no seu rosto: O Senhor dos Anéis foi  odiado em seu tempo.

No ano de seu lançamento, Continue lendo…

Peter Pan: Salamandra, 2006

Publicado em by Dani Toste | em Review: Edições | 13 Comentários

Uma das coias mais difíceis ao se comprar um clássico é escolher uma edição: livros como Alice, Viagem ao centro da terra e Peter Pan me deram um enorme trabalho na decisão e até hoje ainda não escolhi uma edição do Mágico de Oz. São livros cujos direitos autorais já expiraram, dai há um monte de traduções, adaptações, edições, etc.

Meu post de hoje, portanto, é para ajudar os leitores que, como eu, acham que a edição pode fazer uma grande diferença na leitura de um livro ou, no mínimo, na aparência da sua biblioteca.

Título: Peter Pan
Autor: James Matthew Barrie
Tradução: Ana Maria Machado
Ilustrações: Fernando Vicente
Edição: São Paulo: Moderna, 2006
ISBN: 85-16-05256-7

Capa do livro "Peter Pan" da Salamandra

Capa do livro “Peter Pan” da Salamandra

Descrição

A primeira coisa que me chamou atenção nesse livro foi Continue lendo…

Outras Mídias: Desventuras em Série

Publicado em by Dani Toste | em Outras Mídias | 5 Comentários

Confesso que minha primeira dúvida para fazer essa edição foi escolher como eu chamaria a obra principal e justifico essa dificuldade contando para vocês a primeira grande diferença entre o filme e o(s) livro(s): Na versão original, “Desventuras em Série” é um conjunto de 13 livros (daí o nome da coleção) enquanto o filme é um só, que conta uma versão mais ou menos misturada dos três primeiros livros.

Eu não sabia, portanto, se devia por como “obra principal” o primeiro livro, os três primeiros ou a coleção toda, então decidi pensar na coleção toda, porque aparentemente o filme não terá continuação com o resto das histórias, de forma que a obra representa a versão dos livros, até pelo nome.

OBRA ORIGINAL OBRA DERIVADA
Capa

Título Desventuras em Série
Desventuras em Série
Criador Lemony Snicket
(Daniel Handler)
Nickelodeon Movies
Produção N/A
Laurie MacDonald
Walter F. Parkes
Jim Van Wyck
Tipo Livro Filme


A estória em questão conta as desventuras dos irmãos Baudelaire, após a morte dos seus pais (não se preocupem, isso não é spoiler acontece logo no começo) e basicamente Continue lendo…

Capítulo 11 – Através do Espelho e o que Alice encontrou lá

Publicado em by Dani Toste | em Podcast | 28 Comentários

O PODCAST:

Play
Play

Baixe a versão zipada: Download.

Nota: Este podcast contém Spoilers.

Continue lendo…

E tome vampiros na Bienal de São Paulo!

Publicado em by Jagunço | em Diversos, Notícias | 4 Comentários

A abertura da 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo está, pelo visto, cheia de novidades. Ela começa para o grande público no 13 do mês de agosto (credo…) e inclui entre suas invenções, a promoção de entrada grátis para todos aqueles que aparecerem fantasiados como seus personagens de ficção favoritos (apenas no dia 13)! Isso é tradição paulista? Dizem as más línguas que a fantasia de Bella (Crepúsculo) é a mais em conta (vá com sua roupa mais baratinha da escola/faculdade e pronto!). Malvadeza.

Me pergunto se eu poderia ir fantasiado de Merlin de Bernard Cornwell: cabeludo, de robe sujo e fedendo a gatos de rua. Hmm… Acho melhor não… :)

Mas voltando para o mundo dos chupadores de sangue: os debates do primeiro dia do evento terão como assunto o vampirismo! Sério. Tão sério que convidaram ninguém menos do que Continue lendo…

Palavra Jagunça: um site para leitores!

Publicado em by Jagunço | em Diversos | 3 Comentários

É, eu sei. Estou atrasado com minha coluna sertaneja. É que o fim do semestre traz muitas responsabilidades – afinal, quem vai torturar os alunos com provas? :)(Pelo menos eu não sou um daqueeeles atrasos que pode tirar o seu sono!).

Calma, não me xingue. Ao mesmo tempo sou aluno também e sofro as torturas professorais no meu turno. A vida se encaixa em uma reflexão digna do anime Dragon Ball Z: SEMPRE existe um monstro para te dar uma pisa (i.e: surra, coça, ruma de pancada ou “ai meu Deus, quero mais não!”).

Então vamos lá. O tema da coluna de leituras rápidas de hoje é eletrônico, informativo e fez aniversário agorinha em março (o quê? Você achou que ia falar só de contos? Rá!).

Um site com 14 anos é algo raro, acredito. Ainda mais um que trate de leitura, de livros, de obras de literatura. O Projeto Releituras é Continue lendo…

Leituras Dramáticas!

Publicado em by Jagunço | em Notícias | 2 Comentários

Para quem mora no Rio de Janeiro, um programa diferente promete misturar teatro e velha literatura tradicional. Não que a ideia em si de misturar os dois seja lá grande novidade, mas a premissa do Ciclo de Leituras Dramatizadas da Academia Brasileira de Letras é a de brincar com o texto e ler… ora, de forma dramática e cênica, o material de autores clássicos. Os eventos começam com a obra de Machado de Assis, mês que vem.

A primeira peça lida será Continue lendo…

Capítulo 10 – O Aprendiz

Publicado em by Dani Toste | em Podcast | 16 Comentários

O PODCAST:

Play
Play

Baixe a versão zipada: Download.

Nota: Este podcast contém Spoilers.

Continue lendo…

Palavra Jagunça – Você pediu algo épico? Conan!

Publicado em by Jagunço | em Mangás e Quadrinhos | 5 Comentários

A fantasia, como gênero de história mais ou menos definido, tem marcas divertidas que atravessam obras, décadas e tentativas ficcionais: magia, guerreiros habilidosos, monstros impossíveis e mulheres lindíssimas (como heroínas, vilãs ou vítimas). A saga heróica de figuras incomuns, através de territórios ainda mais incomuns, tem povoado a nossa imaginação há um bocado de tempo. E se o britânico / sul-africano J.R.R. Tolkien tem grande responsabilidade nisso, o escritor americano Robert E. Howard cavou seu próprio modo de produzir histórias neste tipo de literatura. A minha sugestão de leitura de hoje tem a ver com ele, claro.

Seu personagem mais famoso – Conan da Ciméria – surge como a estrela de contos da Weird Tales, revista pulp publicada pela primeira vez no começo da década de 1920, no EUA. O próprio Conan, por sua vez, estreou nas páginas deste periódico de horror e fantasia em 1932, com o conhecido conto A fenix na espada. O imenso sucesso das histórias de suas façanhas em uma Era fictícia cuidadosamente criada (A Era Hiboriana) cruzou o século, fazendo do bárbaro espadachim um produto comercial e tanto – de HQs da Marvel Comics e Dark Horse a filmes de Schwarzenegger, passando por materiais produzidos por outros roteiristas (bons e ruins), até séries de animação. No fim, com tantas encarnações em outras formas de mídia, poucos tem se lembrado que Conan surgiu nesse gênero de texto rápido.

A Conrad publicou aqui no Brasil, em 2006, uma coleção de Continue lendo…

Outras Mídias: A História Sem Fim

Publicado em by Dani Toste | em Outras Mídias | 12 Comentários

Saindo da série “ultimas estréias do cinema” resolvi continuar o “Outras Mídias” com um uma duplinha (filme e livro) que eu considero maravilhosamente clássica: A História Sem Fim.

OBRA ORIGINAL OBRA DERIVADA
Capa

Capa do Filme "The Neverending Story"
Título “A História Sem Fim”
“A História sem Fim”
Autor ou Diretor Michael Ende
Wolfgang Petersen
Editora ou Estúdio N/A
Warner Bros. Pictures
Tipo Livro Filme


Acho que há grandes chances de que este outras mídias fosse mais útil ao contrário (falando do livro e não da adaptação) considerando que a maioria das pessoas deve conhecer o filme e pouquíssimas devem ter lido a obra original.

Ainda assim, vou começar explicando: foram feitos três filmes baseados no livro “História sem fim” (que eu saiba), mas eu prefiro continuar a Continue lendo…