Palavra Jagunça: um site para leitores!

Escrito por: | em 28/06/2010 | Adicionar Comentário |

É, eu sei. Estou atrasado com minha coluna sertaneja. É que o fim do semestre traz muitas responsabilidades – afinal, quem vai torturar os alunos com provas? :)(Pelo menos eu não sou um daqueeeles atrasos que pode tirar o seu sono!).

Calma, não me xingue. Ao mesmo tempo sou aluno também e sofro as torturas professorais no meu turno. A vida se encaixa em uma reflexão digna do anime Dragon Ball Z: SEMPRE existe um monstro para te dar uma pisa (i.e: surra, coça, ruma de pancada ou “ai meu Deus, quero mais não!”).

Então vamos lá. O tema da coluna de leituras rápidas de hoje é eletrônico, informativo e fez aniversário agorinha em março (o quê? Você achou que ia falar só de contos? Rá!).

Um site com 14 anos é algo raro, acredito. Ainda mais um que trate de leitura, de livros, de obras de literatura. O Projeto Releituras é um bom exemplo de trabalho bacana, simples e, ao mesmo tempo, fundamental para o meio. Se você gosta de ler ou é um daqueles pesquisadores-de-fim de semestre procurando fontes, e o mantém fora da sua lista de favoritos do navegador, você é uma pessoa estranha. Mantido por Arnaldo Nogueira Júnior (que comprou seu primeiro computador depois dos cinquenta anos) e alguns de seus amigos apoiadores o site é um grande arquivo de textos diversos dos mais clássicos autores da Literatura Nacional. De Adalgisa Nery e Adélia Prado a Zuenir Ventura e Zuleika dos Reis.

A estrutura do lugar virtual é simples: páginas agrupadas com biografia resumida e trechos de textos ou obras famosas de um verdadeiro panteão de gente escritora; verdadeiro paraíso da leitura rápida. E não temos apenas clássicos e famosos: o projeto inclui, sabiamente, escritores jovens ou “novos” no panorama nacional, trazendo um leque de materiais e fragmentos que não poderia ser deixado de lado. Pode não ser exatamente um material ficcional “pop”, mas é bacana ver a quantidade de coisas sobre literatura disponíveis de uma forma simples, para o livre acesso, e perceber que autores vivos e premiados Brasil afora estão bastante ativos na produção de mais coisa-de-ler.

A prática de se espiar trechos ou pedaços de livros tem duas vantagens básicas. A primeira é a mais óbvia de todas: quantas vezes não passamos a nos informar mais e melhor sobre algum assunto ou autor por meio do gosto, do choque ou da curiosidade que a leitura de alguns simples parágrafos tem o poder despertar? Por outro lado e como segunda importância, como é bacana, frutífero e divertido, alimentar a espingarda de “conhecimento geral-e-chutador” passando por um ou outro pedaço de obra alheia! Ou vai dizer que nunca deu um golpe de Google-Fu para não parecer bobo sobre um tema clássico? Nada como ler três poemas de Pablo de Neruda e fazer cara de que leu todos! :P

Mas o Projeto Releituras não me parece ser um defensor da leitura superficial, claro. Ao contrário, tem um jeitão de espaço que existe para informar, expor ideias e estilos e fazer os curiosos descobrirem um autor de seu gosto. Um para o qual e sobre o qual se perder e se encontrar.

A frase-slogan do site, retirada da obra do sacaníssimo gênio Nelson Rodrigues, ilustra bem uma a filosofia da coisa:

Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos.”

Naturalmente, eu discordo. Nada como ler muito, de muitas coisas. E nada como ter um lugar para descobrir por onde começar ou por onde passear. É como aquela ida sem objetivo à  livraria, quando capas bacanas ou títulos bem-sacados podem, com muito poder de convencimento, nos revelar o livro das férias (ou da semana…).

Ainda interessado? O Projeto Releituras é por aqui.

Alguns textos recomendados:

Veríssimo

Milôr Fernandes

Gilberto Freyre (um texto científico da mais pura antropologia, veja bem!)

Saudações ajagunçadas.



Categorias: Diversos
Tags: , , ,

Jagunço

Sociólogo, professor, blogueiro ocasional e amante de cinema pipoca. Acredita piamente que literatura é um troço extraordinário, uma das maiores formas de experiência humana, especialmente se você topa aprender algo com ela. Gosta de bom humor, enredos absurdos e de rir das marmotas da vida.

3 Comentários sobre Palavra Jagunça: um site para leitores!

  1. Pingback: Tweets that mention Grifo Nosso » Palavra Jagunça: um site para leitores! -- Topsy.com

  2. D. Maria

    Ai, um barato os textos sugeridos!
    Especialmente o do Freyre!
    Nunca vi ninguém falar sobre esse assunto com tanta erudição! Fantástico! kkk

    Sobre o Releituras, achei mega-bacana!
    É um espaço de degustação literária, né?
    Cê sai provando um poquinho de cada obra, sem compromisso… É uma beleza!
    Até mesmo pra lhe ajudar a decidir qual pode ser interessante comprar pra ler depois, integralmente – e muito bem deitado numa rede, é claro!

    Entonce, valeu a dica, Seu Jagunço! Rsrs
    E abraço nocês tudo aí do Grifo Nosso! Dei valor! ;)

  3. Jagunço

    Detecto um sotaque conterrâneo! hauhauhauaha…

    Seja mais do que bem-vinda ao terrítório. :)

Adicione um comentário