Notícias Subterrâneas: Semana 10

Escrito por: | em 11/12/2011 | Adicionar Comentário |

“Saudações” diz seu adoentado anfitrião nas masmorras de um reino subterrâneo. “Bem vindos ao exótico mundo da literatura pouco divulgada” diz ele abrindo os braços em um gesto amplo e adiciona em um tom envergonhado “e desta vez com um dia de atraso”. Em seguida  ele…. Certo, vamos parar com isso. Perdoem meu atraso, finjamos que tive alguma boa razão para isso. Vamos logo aos livros, lançamentos de 4 a 10 de dezembro, e essa semana houve uma reviravolta por aqui, mas primeiro os adendos de sempre:

Os 3 mantras: Lorde Worth escolhe livros pela capa antes de ler a sinopse; há mais lançamentos americanos que brasileiros; sou um vampiro que suga energia vital de comentários.

Para sinopses completas ou comprar, cliquem nas capas.

PS: obrigado pelos comentários, galera! E pela primeira vez sinto que alguém realmente se interessou por um de meus lançamentos (estou emocionado, sério).

Lançamentos americanos

Myths of Origin (Catherynne M. Valente)

myths of originDesconstrução de mitos, este é o foco do novo livro de Catherynne M. Valente. Autora com muitos títulos publicados (pense em uma quantidade grande e some mais um pouco) todos voltados para desconstruir mitos, Catherynne já apareceu por aqui em algum momento do passado, mais precisamente quando falamos de The Folded World. Quando falei de Prester John não creio que tenha dito coisa alguma sobre a autora, em grande parte porque me preocupei em falar da figura mítica e histórica de Prester John, mas agora me parece importante dizer que ela cunhou um sub-gênero literário: mythpunk. O livro em si é uma coletânea das quatro primeiras obras da autora, tratando de mitos ocidentais, orientais, antigos ou medievais misturados em todas elas. Na verdade fiquei na dúvida se isso entraria aqui, é só uma coletânea de livros inclusive bem novos, mas cheguei à conclusão de que essa é uma chance para que muitos conheçam o trabalho muito interessante feito neles (eu mesmo não terminei nenhum dos quatro). É um livro que realmente recomendo para qualquer um que goste de fábulas, mitos e modificações dos mesmos.

Himmler’s War (Robert Conroy)

himmler's warRobert Conroy escreve história alternativa (me parece um comentário bem dispensável tendo a capa do livro logo acima) e em seu sexto livro não usa um ano como título. Isso até me surpreendeu, demorei alguns segundos para assimilar que ele era o autor, vejam a sequência: 1901 – 1862 – 1945 – 1942 – 1945: Red Inferno – Himmler’s War. Baseando-se nas informações que dei até agora adivinhem a sinopse do livro, eu espero.

Certo, não era difícil. Hitler morre um ano antes; Himmler assume o poder; imagine como teria sido a guerra nesse caso. E é isso. História especulativa, alternativa, chamem como quiserem. Se gostarem do livro vejam os outros, se não conheciam o autor procurem alguma obra dele, se não conheciam esse gênero e acharam legal deem uma checada.

Lançamentos nacionais 

Já?! Sim, hoje temos mais lançamentos nacionais do que americanos.

Protocolo Bluehand: Alienígenas (Eduardo Spohr, Alexandre Ottoni, Deive Pazos)

protocolo bluehandAlguém duvidou que isto estaria aqui?  A bem da verdade não sabia se seria correto dar um lugar a este lançamento. Mesmo com alguns milhares de fãs o Jovem Nerd ainda possui lugar nos reinos subterrâneos? O Protocolo Bluehand é o tipo de livro do qual falamos aqui? Cheguei à conclusão de que sim e não me perdoaria se não falasse dele. Digam o que acham, conta ou não?

Lançado pelo Jovem Nerd ( http://jovemnerd.ig.com.br/ ) e escrito pelos próprios Alottoni, Azaghâl e Eduardo Spohr (da Batalha do Apocalipse, como toda a podosfera está cansada de saber), Protocolo Bluehand: Alienígenas faz o melhor estilo Zombie Survival Guide. Situações críticas, casos documentados, códigos, espécies, dicas de combate e todo o resto do pacote sobrevivência, tudo documentado de forma tão impecavelmente séria que se acontecesse, perdão, quando acontecer a invasão saberemos como sobreviver. Ah sim, tem anotações de rodapé, desenhos e um jeito de livro muito manuseado bem mais legais que o Zombie Survival Guide. E ilustrações. Se tudo o mais falhar, pelo menos a apresentação parece ótima.

Sentimento Fatal (Janethe Fontes)

sentimento fatalCompleto tapa buraco  Um dos poucos livros da Dracaena a aparecer por aqui, Sentimento Fatal é um livro para um público……algum público, isto é certo.

Sendo mais sério, é um livro sobre amor em sua forma mais nociva. A protagonista Adriana Diniz Martinez (Santa novela mexicana!) tem alguns problemas com um marido ciumento e um antigo amigo apaixonado, e claro, um filha que ama acima de tudo. Um plano de fundo de violência doméstica e, não aguento mais, já ficou muito meloso. Issonão é o tipo de livro do qual falo por aqui, mas é um lançamento nacional pouco falado que provavelmente atrairá algum público feminino. Se alguma leitora do Grifo se interessar por ele, comente para que eu não fique com tanto remorso.

Cael e o Destino de Eleanthus, livro 1: Batalha Anelar (José Agnaldo Navarro)

Cael e o destino de EleanthusLançamento nacional de alta fantasia épica, tem uma capa que não me chamou a atenção e até me deixou com um pé atrás ao ler a sinopse. A sinopse, bom, leiam vocês mesmos. Vão lá, eu espero. ………….. Para os que não leram, é um bombardeio de fatos e nomes que não tem realmente a intenção de fazer sentido, mas sim de mostrar um flash do que é o mundo e da capacidade do autor de complicar de cara a história. E no final é dada a sinopse verdadeira do livro: “Finalmente, quando o fogo do mal, manifestado nas ações e intenções de Subpteus e Krisna, causa o caos, Caius solicita a presença de Cael, que está em outro mundo, para ajudar, sendo este jovem uma peça fundamental na Batalha Anelar”. Caso todas as páginas do livro tenham essa quantidade de fatos, se tornará uma pérola nacional, caso aquela seja toda a informação do livro, por outro lado, será só um livro bem mediano. Resta esperar as críticas ou arriscar ler.

 Data de Evento

A sombra de um crime (Evan Lake)

Data: 14/12/2011 (Terça-feira)
Horário: 19h
Local: Livraria Cultura – Shopping Villa Lobos
Endereço: Avenida Nações Unidas, 4777 – Jardim Universidade Pinheiros – São Paulo – SP
CEP: 05477-000

 

E assim mais um relatório se finda. Novamente, PERDOEM MEU ATRASO! Semana que vem sairá na hora certa, 8 horas do sábado, a menos que algo extremamente horrendo me aconteça. E de novo, perdão.

Até semana que vem, quando minha doença será derrotada e nos veremos novamente nas galerias e salões das bibliotecas que não veem a luz do sol.

Até lá.



Categorias: Notícias Subterrâneas
Tags: , , , , , , , , , , , ,

Lorde Worth

Caçador de Hobbies exóticos, leitor obsessivo e jogador compulsivo.

6 Comentários sobre Notícias Subterrâneas: Semana 10

  1. Heider Carlos

    Myths of Origin: Four Short Novels parece muito interessante. Vou ver se compro e leio assim que acabar O Nome do Vento. Notícias Subterrâneas é provavelmente minha parte predileta no Grifo Nosso, e com certeza a mais depressiva. É duro ver muito material interessante que provavelmente nunca vou ler ¬¬

    • Lorde Worth

      Valeu, Heider! Obrigado por dizer exatamente o que eu precisava ouvir, as ultimas dez semanas com todas as suas horas gastas lendo sinopses valeram a pena :D! O Nome do Vento é um motivo de vergonha, sempre ouço recomendações mas nunca consegui chegar perto do livro (e esse é um que quero ter em papel, não digital). E divido sua tristeza, já cheguei à conclusão de que nunca lerei nem 20% dos livros interessantes que vejo por aí u_u.

  2. Priscilla Rúbia

    Me interessei por Protocolo Bluehand =) Sobre Cael e o Destino de Eleanthus parece bem… complicado. Comecei a ler a sinopse fiquei tonta e parei. E… não me interessei por Sentimento Fatal xD
    Sobre o atraso, perdoado, mas q isso não ocorra novamente o.ó (atéparece)

    • Lorde Worth

      AHAHAHAH. Tudo bem, não ocorrerá (exceto o atraso de umas cinco horas que já é normal). E aproveitando já peço perdão pelo Sentimento Fatal, foi um erro. O livro que entraria no lugar seria Planesrunner (de Ian McDonald), primeiro de uma série de ficção científica sobre viagens entre dimensões, pensando agora não sei por que não coloquei na lista (ops).

  3. Linda

    Sério… porque todo escritor de fantasia brasileiro acha que os personagens tem que ter nomes tão estranhos? O que aconteceu com… Zé?
    capas estranhudas…

  4. Lpolon

    O protocolo bluehand me lembra daqueles almanaques da turma da mónica.. Claro que o do cebolinha era o meu favorito..

    Se isso é bom ou não.

    Não é viável consumir livros semanalmente, mas bom saber que eu posso contar com esse tipo de divulgação..

    Até!

Adicione um comentário