Notícias Subterrâneas: Semana Especial (11, 12 e 13)

Escrito por: | em 19/12/2011 | Adicionar Comentário |

Saudações! Bem vindos ao último relatório do ano!

Sentem-se e peguem suas xícaras de chá ou café, estamos prestes a vislumbrar um ESPECIAL DE FINAL DE ANO!

Perdão pelo atraso, por diversos motivos perdi minhas últimas três noites úteis e manhãs também, o que dificultou preparar esta edição e também sofri com o pequeno fenômeno que ocorre quando o Windows percebe que seu usuário está fazendo algo importante e ainda não salvou o documento. Ou seja, perdi mais de metade da coluna na primeira vez em que escrevi graças a uma travada fantástica de meu querido laptop. Agora, aproveitando a Semana Especial, representarei o resto da introdução com um diálogo entre marionetes:

-Ahmeodeos! Lorde Worth, você acaba de anunciar um especial de final de ano?

– Sim, leitora distraída.

– E é essa a razão do seu atraso de mais de um dia para postar as notícias?

– Não, leitora distraída, parte desse atraso se deve ao meu sono. Outra parte se deve ao fato de que não consegui cinco lançamentos para a semana de 11 a 17 de Dezembro.

– Então o que estamos fazendo aqui?

– Espere e escute! Decidi escrever outro comunicado, mas então percebi que minha consciência não me permitiria tirar uma folga no Natal caso fosse a segunda semana de ausência. Estamos então em uma coluna de previews!

– Por que está escrito Semana Especial e não Previews Subterrâneos no post?

– Simplesmente porque não consegui NENHUM lançamento decente para a semana do Natal.

– E os previews?

– Felizmente, leitora angustiada, somei mais de dez lançamentos para a semana do Ano Novo! O que nos leva a uma incrível coluna com lançamentos que esqueci, lançamentos da semana, e DUAS listas temáticas de lançamentos de Ano Novo (com só quatro livros)!

 

Com tudo isso elucidado, começarei os adendos. Obrigado pelos comentários (minha imensa alegria só pode ser superada por mais comentários)! Não temos lançamentos brasileiros na lista (foi mal aí, galera!). Não escolhi nenhum desses livros pela capa (que milagre!). Comecemos logo:

Comentários atrasados

Perdão a todos. Anotei as datas erradas de dois lançamentos de peso. Na verdade, nem sei como consegui cometer esse erro. Os dois foram lançados há mais de DUAS SEMANAS. Mas, antes tarde do que nunca, não?

Dread Empire, a última crônica : An Ill Fate Marshalling (Glen Cook)

E aqui estamos com mais uma nova edição de um livro de Glen Cook! Para aqueles que não se recordam, e provavelmente são todos, já comentei sobre o lançamento de Reap the East Wind, da mesma série. Versão resumida: é uma nova edição de um clássico da fantasia militar com uma capa muito melhor que a original, afinal a Night Shade sempre capricha nas capas. Versão (nem tão) completa: leiam meus comentários de Reap the East Wind na Semana 2.

Após esse relançamento começa a contagem regressiva para o lançamento do último livro da série! Com vinte anos de atraso graças a um manuscrito roubado, A Path To Coldness Of Heart será lançado em janeiro.

E por que não deixar uma sugestão de compra?

LEIAM The Black Company !

Tower and Knife Trilogy, livro 1: The Emperor’s Knife (Mazarkis Williams)

Outro da Night Shade! Me sinto muito mais envergonhado de não ter falado de The Emperor’s Knife devido às críticas extremamente positivas que recebeu. O primeiro livro de uma trilogia,  é construído sobre uma base de personagens fortes e plot-twists com uma sinopse bem genérica. Basicamente, a história é sobre um reino devastado por uma praga que transforma muitos dos infectados em marionetes. O rei contrai a doença, levando a corte a um estado de tensão em que milhares de conspirações são arquitetadas. A trama tem a premissa de ser construída absurdamente rápido e com poucos elementos de mundo realmente detalhados. Para que um livro de fantasia faça sucesso assim e não pareça genérico, deve ter no mínimo personagens MUITO bons, e a crítica confirma que eles estão lá.

Semana 11: o único lançamento de peso

Riyria Revelations, livro 2: Rise of Empire (Michael J. Sullivan)

Se lembram da série?

– Isso não saiu tipo, duas ou três semanas atrás?

Tipo, sim! Há duas semanas falei do lançamento de Theft of Swords, primeiro volume da série. Para os que não se lembram (sinto que essa oração se tornará uma constante por aqui), Ryiria Revelations é um série originalmente escrita e publicada por um blog, que agora está sendo publicada em papel. A série está pronta e possui uma certa base de fãs, por que não publicá-la com duas ou três semanas entre cada livro?

Comprei Theft of Swords essa semana e prefiro guardar qualquer opinião sobre a trama para um futuro Review.

Semana temática: Sci-fi inteligente

E isso é possível ainda hoje? Não estou aqui para falar de um gênero específico, mas sim de obras que em algum momento nos fazem parar de ler e fazer uma cara de interrogação.

All About Emily (Connie Willis)

All About Emily

Edição Deluxe de um conto. Sim, um conto, bem longo por sinal.

Connie Willis é uma autora ligeiramente conhecida de ficção científica. E é uma autora que escreve coisas ao menos relevantes, prova disso é a pequena, singela, extremamente desinteressante lista de prêmios “menores” que ganhou: http://en.wikipedia.org/wiki/Connie_Willis

 

Para aqueles com preguiça de ler a lista toda, um breve resumo: 11 prêmios Hugo, 7 Nebulas, 4 Locus, 1 Memorial John W. Campbell.

A sinopse de um livrinho tão curto pode estar cheia de spoilers, então resumirei tudo em uma equação: All About Eve + Eu, robô = deleite absoluto em sci-fi

Gothic High- Tech (Bruce Sterling)

gothic high-tech

Mais um mega autor, aliás, como ele é chamado mesmo? Ah, sim, O PAI DO CYBERPUNK!

Claro, a coleção de prêmios do Sr. Bruce não é tão vasta quanto a de Connie Willis, mas isso não nega que ele tenha dois prêmios Hugo. Enfim, chega de falar de prêmios. Gothic High-Tech é uma coletânea de contos de cyberpunk. Contos sombrios e pesados com um dos clima mais intensos de cyberpunk.  Certa vez li que um bom conto de sci-fi não é aquele que faz uma especulação interessante ou descreve uma sociedade criativa no espaço, tendencias que muitos autores seguem, mas sim aquele construído só em metáforas e que leva o leitor a pensar mais. Algo que vale tanto para Sterling quanto para Willis é o fato de que as suas obras possuem uma veia de desespero, de dúvida, que salta aos olhos do leitor no decorrer do conto, e isso com certeza leva um leitor atento a uma reflexão.

Phases of Gravity (Dan Simmons)

phases of gravity

Mais um no festival de deuses do sci-fi! Quem diria que haveria três lançamentos deste naipe no ano-novo? Se bem que, neste caso é um relançamento.

Realmente não sei o que falar sobre Phases of Gravity e não sei como resumir essa sinopse sem prejudicar a ideia, então vou simplesmente colar aqui a sinopse:

Richard Baedecker, the aptly named hero of this extraordinary novel, is a man adrift, searching for a lost sense of purpose. A former astronaut, Baedecker once walked on the moon, briefly escaping the tidal pull of gravity itself. Sixteen years later, gravity and other entropic forces have overtaken him. His marriage has ended. His professional life has grown increasingly meaningless. His relationship with his only son has all but disintegrated. At this critical moment, against the unlikely backdrop of Poona, India, Baedecker encounters a remarkable young woman named Maggie Brown, who will point him toward the “places of power” he has left behind and help him rediscover his essential self.

The Demi- Monde: Winter (Rod Rees)

The demi-monde

E parece que a lista de Deuses do Sci-Fi acabou com Phases of Gravity, afinal esse é o primeiro livro de Rod Rees, mas nem por isso parece menos interessante. Primeiro a definição de dicionário para Demi- Monde: 1- mulheres consideradas fora dos padrões aceitáveis da sociedade; cortesãs/ 2- grupos sociais que não fazem parte da sociedade respeitável. O livro soma isso à realidade virtual e chega em um ponto que torna o livro atraente.

Em Winter, primeiro livro da série, somos apresentados ao Demi-Monde, um super programa de computador usado para treinar soldados. Dentro do Demi-Monde está um mundo eternamente enroscado em uma guerra civil, um mundo simulando os horrores da guerra urbana e governado por grandes tiranos cruéis da história (olha só, Robespierre está na lista). Entretanto, a filha do presidente dos EUA (sempre ela, não?) fica presa na máquina e uma cantora de jazz (de onde veio essa?) entra no programa para salvá-la. O livro supostamente é cheio de discussões de sociologia, história e religião. Se isso foi bem feito não posso ter certeza, mas pelo menos a história deve ser divertida.

Semana temática: Suspense e Terror Cliché

Tracem uma linha imaginária entre o primeiro e o resto para ter uma ideia de onde exatamente estão “suspense” e “terror”. Em algum ponto estes temas se tornaram clichés, mas escrevo esta lista com a esperança de que cada um dos livros aqui apresentados tenha ou se reinventado no mesmo tema ou apresentado um conteúdo extremamente polido.

Level 26, livro 3: Dark Revelations (Anthony E. Zuiker)

Dark Revelations

Conclusão de trilogia! Provando que sou incapaz de passar tanto tempo sem falar de uma série que está acabando. E provavelmente pela primeira vez, estou falando de uma série que já está sendo lançada no Brasil. Grau 26, como foi traduzida, está no segundo livro por aqui. Peço que se alguém leu um dos outros dois comente e nos elucide sobre a qualidade das obras.

Primeira coisa curiosa, um dos escritores é também o criador dos seriados de CSI. Partindo dessa informação podemos pular para a conclusão de que o protagonista é um policial, e é uma conclusão correta. Steve Dark (fazendo ligação com o titulo) é um agente do FBI em uma missão de caçar os maiores serial killers do mundo (olá, Dexter!), e nesse livro está procurando um conhecido como Labirinto. O serial-killer em questão se tornou famoso por fazer charadas sobre quem será a próxima vítima. O que esperar de um livro assim? Tendo em vista o criador de CSI na dupla de escritores podemos presumir todo o roteiro do livro. Novamente, se alguém leu os outros diga se são tão previsíveis, se são realmente tensos e se são bem escritos, por favor.

Bestial (Willian D. Carl)

Bestial

Misteriosamente há um livro com o subtítulo de “apocalipse lobisomem” na lista de livros de terror. Sim, há um livro de lobisomens em uma lista de livros de terror. Ao ler Noturno percebi que ainda é possível lançar obras legais sobre vampiros e lobisomens mesmo em um mercado tão saturado de livros com esses temas, por isso coloquei na lista da semana. Graças a algumas críticas positivas decidi colocar na lista de livros de terror.

Bestial é uma obra focada nos sobreviventes de uma praga que faz com que a noite, adivinhem? Sim, é Eu Sou a Lenda com lobisomens, talvez eu tenha exagerado. Dizem que é mais parecido com Autumm, uma obra focada em um grupo de sobreviventes em um ambiente de terror e nos dilemas pessoais de cada protagonista. Nada mais a acrescentar. Se Noturno usa um conceito de pandemia para criar uma obra de horror e ação, Bestial usa os moldes mais clássicos dos lobisomens para tentar se reinventar e se destacar da multidão de títulos. Agora realmente não tenho nada a acrescentar.

Hell Train (Christopher Fowler)

Hell Train

Foi até engraçado encontrar esse livro, estava com A Torre Negra 3 do meu lado enquanto procurava. Para aqueles que não leram, o terceiro volume d’A Torre Negra é focado em um trem maligno, e isso não é spoiler, está na capa do livro. O autor de Hell Train, Christopher Flower, digo, Fowler, é mais um cheio de obras lançadas e linhas de curiosidades no currículo. Também tem uma longa lista de obras de mistério e terror lançadas.

Pelo amor da vaca dos céus! Custa dar uma sinopse que tenha ao menos o nome dos protagonistas? Bom, que seja feita a vontade da editora, comentarei só a pouca informação da sinopse.

A história se passa durante a primeira guerra mundial, os protagonistas estão atravessando o leste da Europa em um trem amaldiçoado chamado “Arkangel”. Vários acontecimentos sinistros e mistérios permeiam todos os cantos do trem e…..bom, é isso. Tomara que o histórico do autor se justifique nesse livro, a sinopse é bem pouco atrativa. Conto com você Flower, digo, Fowler!

77 Shadow Street (Dean Koontz)

77 Shadow Street

Quando digo que um autor tem muitas obras lançadas, costumo me referir a dez, quinze livros. Nesse caso digo “muitos títulos” me referindo a uma lista colossal, monstruosa, magnânima de obras. Contemple: http://en.wikipedia.org/wiki/Dean_Koontz

Tendo em vista tal currículo, podemos estabelecer um nível de expectativa maior para 77 Shadow Street, não? …… Bom, melhor ler a sinopse primeiro.

O Pendleton é um edifício antigo construído no ponto mais alto de uma pequena cidade. E (adivinhem) é famoso por seus casos de suicídios, assassinatos, estupros e desaparecimentos. No entanto, o edifício foi transformado em um prédio de apartamentos de luxo e desde então nada aconteceu nos últimos quarenta anos. Subitamente coisas sinistras voltam a acontecer.

Tema de casa mal assombrada = cliché. Como já  falei d’A Torre Negra, a casa mal assombrada de lá é usada de uma forma bem diferente, o que me dá esperanças de que algo criativo tenha sido feito nesse livro. Afinal, cada um desses livro com temas que já vimos tão bem destrinchados antes ainda tem a chance de ser bom, por isso estão aqui.

————————————————————————————————————————————-

Mesmo com o atraso está aí. Ufa!

Agora entrarei em coma até o ano novo, de forma que não poderei escrever nada. Ainda há chances de alguns lançamentos de ano novo aparecerem aqui, mas semana que vem com certeza não haverá nada. Ah, sim, deixem comentários sobre os livros!

Obrigado por lerem essa extensa edição da coluna mais gramaticalmente incorreta do Grifo Nosso e pelo apoio nas últimas 11 semanas.

Feliz Natal e um próspero Ano Novo a todos. Em breve estaremos novamente escavando lançamentos dos quais ninguém ouviu falar =)



Categorias: Notícias Subterrâneas
Tags:

Lorde Worth

Caçador de Hobbies exóticos, leitor obsessivo e jogador compulsivo.

2 Comentários sobre Notícias Subterrâneas: Semana Especial (11, 12 e 13)

  1. Priscilla Rúbia

    Não li todos com medo de me interessar -.- Não vou poder ler por enquanto, então espero que logo esses sejam anunciados como lançamentos brasileiros.

    • Lorde Worth

      Bom, o Dark Revelations é o terceiro de uma série que já está sendo lançada por aqui. Quanto ao resto….. Tenhamos esperança.

Adicione um comentário