Notícias Subterrâneas: Semana 16

Escrito por: | em 21/01/2012 | Adicionar Comentário |

Bom sábado a todos, hoje estou no horário! (yeaaaaaaah)

Bem vindos às notícias subterrâneas, em nossa décima sexta semana desbravando as listas de lançamentos brasileiros, ingleses e americanos dos quais quase ninguém ouviu falar (ei, hipster, você não conta). Quem vos escreve é como sempre lorde Worth, senhor das pilhas de livros não lidos e comediante fracassado. Literatura Nacional, nossa querida amiga, ainda está em coma alcoólica. Os lançamentos de fantasia minguam mas a ficção científica está em alta nesta semana de 15 a 21 de janeiro, algo que gera algum alívio.

Obrigado a todos que estão sempre por aqui, comentando ou não. Continuem dando seu feedback (é o preço de minha alegria).

Leitores novos, para mais informações e compras, cliquem nas capas.

Lançamentos ingleses

Poseidon’s Children, livro 1: Blue Remembered Earth (Alastair Reynolds)

Blue Remembered Earth

Reynolds… Tenho a impressão de que te conheço, Alastair Reynolds… Ah, encontrei! Uma longa lista de obras com capas que não reconheço mas nomes familiares, o que me leva a crer que já ouvi alguns comentários sobre elas (ou muitos, mas minha memória não é tão clara quanto a isso).

Blue Remembered Earth (que capa linda) é o começo de uma trilogia (embora eu sempre pense que todos já sabem disso pois leram o título sobre a capa do livro começarei meu comentário desta forma) e traz uma sinopse… ligeiramente assustadora para qualquer um que queira ler a série. A trilogia conta a história da família Akinya por mais de  DEZ MIL ANOS de história. E daí? Muitas obras já fizeram isso, Fundação inclusive, não é mesmo? Sim, mas sempre falando de planetas ou impérios e Fundação só fala de quinhentos anos. São dez mil anos falando de uma família magnata africana. Sim, a história começa 150 anos no futuro, quando a África é um polo econômico. O protagonista inicial (deve haver centenas de protagonistas nessa trilogia) é forçado a assumir seu lugar como herdeiro do império empresarial de sua família e viaja para a lua com o objetivo de assegurar alguns negócios da falecida matriarca, mas acaba descobrindo alguns segredos e a história começa seu curso até um futuro distante. Meu maior receio é que haja a cada livro dois ou três pulos de alguns milhares de anos, dando pouca perspectiva do tempo entre cada situação.

Ragnarok, livro 2: Transmission (John Meaney)

Transmission

Seguindo na linha sci fi, falemos da sequência de Absorption (que não é sobre absorventes). Temos aqui a continuação de uma obra que me interessou bastante quando foi lançada, há seis meses. Absorption, em suas 400 páginas, construía um cenário de space opera com duas narrativas paralelas em diferentes momentos do passado. Sim, uma  obra de sci-fi com um piloto no espaço, seiscentos anos no futuro, um engenheiro em 1920 e um guerreiro no século 8. Como isso se une e faz sentido? Não sei, mal li o prólogo do livro, mas supostamente há uma grande exploração de conceitos de consciência coletiva. O que realmente me surpreende é que a sociedade e as novas tecnologias do espaço sejam completamente baseadas em mitologia nórdica. Claro, battlestar tem toda uma questão zodiacal, mas TUDO caracterizado como mitologia nórdica deve ser no mínimo curioso.

Orb Sceptre Throne (Ian Cameron Esslemont)

 Orb Sceptre Throne

Olha só! Outra obra do… esperem….não. Não é do Erikson….

Rápido, vejam o jogo das sete semelhanças:

Orb Sceptre Throne

Dust of Dreams

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ops, tentemos novamente.

Novels of the Malazan Empire, livro 4: Orb Sceptre Throne

Orb Sceptre Throne

A série spin-off… Não.A série complementar… Ainda não. Mais uma obra no mesmo mundo daquela para a qual mais pago pau, Malazan Empire continua desenvolvendo o mesmo cenário fantástico do Malazan Book of the Fallen. Por vezes me esqueço da história da criação deste império e me confundo pela capa pensando “cadê o Erikson?”. O mundo do Malazan Empire foi criado por Steve Erikson e Ian Esslemont como um cenário de GURPS no passado longínquo, depois virou cenário de uma obra do Sr. Esslemont, então, simplificando muito a história, veio o Malazan Book of the Fallen com suas consecutivas injeções desnecessárias de epicismo e destruiu tudo :)

Ian Esslemont é co-criador, escreve obras no mesmo mundo de Book of the Fallen e é supostamente tão monstruoso em tamanho e epicismo de suas obras quanto Erikson. Embora eu ainda esteja mergulhado na obra maior por enquanto, depois dos milhares de páginas que ainda faltam talvez leia as obras do Esslemont. Afinal, é uma obra da dupla que criou este cenário, novamente, monstruoso.

 Um lançamento inglês e um americano com “In the Mouth” no título.

In the Mouth of the Whale

 

In the Lion's Mouth

 Não quero colocá-los na lista dos “livros menores que somam um decente”, ambos possuem sinopses legais. Único problema: não sei como comentá-las. Simplesmente não sei o que pensar sobre elas ainda.

In the Mouth of the Whale é sobre uma guerra entre humanos e duas nações de pós-humanos por um mecanismo cuja função cada grupo só pode especular. Não parece uma ideia nova ou empolgante, mas a sinopse dá a entender que o background do conflito é muito bem construído e complexo. Por mais que ainda assim não tenha me impressionado, as previews são muito positivas. Será que estou sendo muito chato?

In the Lion’s Mouth… Li a sinopse, li novamente e só consigo encarar meu computador. Foi uma sinopse boa, mas não me atraiu nada. Pela primeira vez fiquei completamente indiferente a um livro que parece bom, possui vários detalhes e não está aqui para preencher buracos.

The Flame Alphabet (Ben Marcus)

The Flame Alphabet

O sexto livro na lista. Serei bem breve, sugiro mesmo que leiam a sinopse. É uma obra sobre um momento em que vozes de crianças tornam-se mortais.

VOZES. DE. CRIANÇAS.

Leiam a sinopse, não é um sci-fi ou fantasia, só um livro de ficção que parece absurdamente bom. Realmente é uma obra que peço que todos confiram. O que ainda estão fazendo aqui? Leiam logo a sinopse!

Voltaram? Ótimo

Agradeço pela presença de todos.

Preciso de ajuda para decidir o que fazer com o espaço após a lista. Sempre que encontrar uma data de evento, colocarei por aqui, mas elas parecem escorrer por meus dedos. Deixo só os agradecimentos? Uma dica de obra? Um comentário sobre o que estou lendo? Uma dica de site? Uma menção a uma obra  bem aceita por público e crítica mas sobre a qual não falei? Ajuda, por favor.

Até a próxima semana (quando não haverá atraso)!



Categorias: Notícias Subterrâneas
Tags: , , , ,

Lorde Worth

Caçador de Hobbies exóticos, leitor obsessivo e jogador compulsivo.

2 Comentários sobre Notícias Subterrâneas: Semana 16

  1. Priscilla Rúbia

    Ahhh eu quero esses livros pra mim -.- Em português. Ou então tenho q me especializar no inglês.
    Fiquei mto interessada em todos!
    Olha, uma dica de obra, de site, o q vc está lendo, acho tudo isso válido pro final do post :3

  2. Dani Toste

    Acho que seria bem legal se deixasse comentários sobre o que vc está lendo.

Adicione um comentário