Notícias Subterrâneas: Semana 28

Escrito por: | em 15/04/2012 | Adicionar Comentário |

Novamente atrasado, saúdo a todos. Bem vindos à vigésima oitava semana das Notícias Subterrâneas! Graças a uma combinação mortífera de queda de conexão de internet e clima sinistro, fui impedido de escrever a lista de lançamentos mais tendenciosa e menos engraçada da blogosfera, ou como constantemente dizemos, nossa expedição aos Reinos Subterrâneos da literatura. Hoje excepcionalmente iniciaremos nossa viagem com uma visita aos subterrâneos (não se ofendam, amigos autores) da literatura brasileira.

(Para mais informações cliquem nas capas, ^e * indicam livos disponíveis em audio-book ou para kindle, respectivamente).

Lançamentos Nacionais

Tabuleiro (Van Curtt)

 tabuleiro

 Antes que digam que questionem se é ou não lançamento esclareço: estou usando a data do evento de lançamento do site da Novo Século (se fosse fácil encontrar datas precisas de lançamento em todas as editoras brasileiras!). A verdade é que está aqui só pelo pseudônimo legal do autor. Aliás, esperem dois segundos, preciso trocar o nome de um personagem de um conto antigo de “Van Curt” para “Van Kort” (essas coincidências acontecem sempre, haha). Pronto, bem melhor assim, agora voltemos ao assunto.  Sim, o pseudônimo legal, curiosamente não foi só por ele que escolhi Tabuleiro para a lista, na verdade o fator decisivo foi o uso das palavras “profundo” e “psicológico” na sinopse.

Não sei o quão pesado é Tabuleiro, mas pela sinopse espero algo realmente agressivo para com o leitor (para os novos leitores, uma lição básica sobre as Notícias Subterrâneas, sou aficionado por livros pesados, psicológicos e profundos). Não gosto de repetir sinopses, então farei meu resumo padrão (já sabem que não devem confiar em sua veracidade): Tabuleiro é um thriller psicológico e político que se passa no Rio de Janeiro, sendo que o ponto de partida é uma sequência de assassinatos que apontam para um albino adotivo (Mamilos! Olha o preconceito!) e há, obviamente, uma grande conspiração por trás de tudo.

Pode dar errado?

Muito, monstruosamente errado. Por que? Porque me interessou muito.

Trilogia da Meia-Noite, livro 1: Calisto(L. E. Haubert)

 calisto

Ah, como adoro sinopses em que cada frase deveria equivaler a um parágrafo! São de fato excelentes, pois além de pouparem espaço, ainda exigem mais atenção do leitor para que ele não se perca em uma frase inserida sem nenhuma ligação com aquelas ao redor. Ao menos a capa do livro está fantástica. Aproveitando que estou criticando a estética do livro e não a qualidade da informação (insultem-me como preferirem), no final da sinopse os protagonistas são citados e, deixando de lado minha aversão ao nome Draco (adivinhem o porquê), quando li “Lucas” fiz a ligação mais óbvia e estúpida possível:

Lucas, L. E. Haubert, Lucas, L… Uma Mary Sue!

Logo em seguida descobri que o nome da autora é Laura. Deixando de lado meu comentário que destoa completamente de minha análise da sinopse… bom… não tenho muito o que dizer, na verdade. A sinopse foi bem simples: lutas, sangue, mistérios, horrores da noite, demônios, artefatos de poder…

Lançamentos Americanos

The Forever Girl, livro 1: Sophia’s Journey (Rebecca Hamilton)*

 forever girl

The Forever Girl saiu há algum tempo em eBook, mas só agora foi lançado como um livro físico. Nas semanas em que esteve disponível só como eBook, disparou para a lista dos mais bem avaliados/ vendidos/ comentados do Amazon. A fórmula é bem própria para atrair um público grande:

1) uma protagonista wicca

2) um mistério sobrenatural ancestral

3) um transmorfo antigo

4) um romance sobrenatural

Alguma semelhança com, não sei, alguma obra que atrai adolescentes por aí? Talvez, quem sabe, algo com vampiros, mas temperado com aquela outra obra famosa? Aquela com bruxos. Perdão, só estou sendo cruel sem motivos, leiam alguma crítica sobre o livro, não tenho nenhuma sugestão específica, mas no geral são todas positivas.

Westlake Soul (Rio Youers)*

 westlake soul

Na verdade, Westlake Soul é o nome do protagonista.

3…

2…

1…

COMO?!

Que espécie de animal dá a seu protagonista o nome de Westlake Soul?

Fora isso a história parece muito boa. Westlake Soul é um surfista que, após um acidente, entra em coma, ou em um estado vegetativo próximo, e “descobre” que possui super poderes. Prefiro imaginar que na verdade isso só se trata de um delírio ou de uma metáfora muito inteligente que não estou entendendo. Os “super poderes” no caso são aptidões mentais supremas, que Westlake (ARGH! Que nome é esse?) deve usar para retomar controle de seu corpo antes que o vilão… ou melhor, antes da eutanásia.

Tem potencial, caso os “super poderes” sejam realmente uma metáfora e não super poderes reais que alterarão os acontecimentos fora da mente de Westlake (AAAAARGH!).

Westlake Soul, para piorar o autor chama-se Rio Youers (qual a origem disso?).

Lançamentos Ingleses

The Sword of Albion, livro 3: The Devil’s Looking Glass (Mark Chadbourn)

 devil's looking glass

Conclusão de trilogia. Sempre que vejo um destes se materializar na lista fico levemente mais alegre.  Sword of Albion é uma série que já conhecia, li o primeiro capítulo do primeiro livro (que dá nome à série) há alguns meses. Então nada mais. Trata-se de outra fantasia histórica (maldito seja o dia em que disse que não me recordava de muitas fantasias históricas), mais uma que se passa na Inglaterra e mais uma que tem como protagonista um espadachim e espião. Até onde pude absorver das sinopses e samples, cada livro conta uma aventura diferente do espião Will Swyfte (ou Swift, caso não goste de nomes muito levemente adaptados) que se inclina muito levemente para dar apoio à conclusão do terceiro livro, sem que haja muita conexão imediata entre eles.

Em The Devil’s Looking Glass, o alquimista Dee (outro nome criativo) foge para o Novo Mundo com um espelho mágico extremamente poderoso e Swyfte parte em seu encalço.

Não que eu ache o livro fraco, ou esteja menosprezando-o, mas nas últimas Semanas falamos de The Outcast Blade e The Alchemist of Souls, ambos muito mais impactantes que isso.

Estou Lendo

Mistborn, livro 1: The Final Empire (Brandon Sanderson)

Semana corrida, pouco tempo parado, só li mais 150 páginas de Mistborn.

Minhas opiniões se confirmam. Por mais que todos os livros do Brandon Sanderson em algum ponto se tornem histórias de super heróis, ele sabe usar esse fato como uma característica pessoal completamente esperada e secundária, não como um elemento central, que está sempre no foco do livro. Outro ponto para o Sr. Sanderson, na metade do livro  nenhum diálogo é meramente voltado para a informação óbvia, há sempre um novo trejeito de personagem sendo apresentado e uma nova dúvida ética. Também na parte em que estou, ainda me impressiona como a Allomancia ainda pode ser explorada em sentidos que preciso de alguns segundos para compreender (a aula do Marsh sobre o uso do Bronze e suas vantagens quanto ao Cobre me deu uma bela dor de cabeça, na verdade)

Há, no entanto, um problema que perdurou até The Way of Kings: Brandon Sanderson é péssimo para criar plot-twists. Em muitos momentos de The Way of Kings senti que fui tratado como um idiota, afinal todos os leitores são capazes de perceber que o Kaladin é um surgebinder ao menos quatrocentas páginas antes de ele de fato realizar algum lashing consciente (mas quando realiza a cena é linda). Da mesma forma, gostaria que as descrições sobre “o quão enigmático é Elend Venture” parassem. Em muitos outros momentos senti que as cenas de ação foram forçadas. Se em the Way of King há pouquíssimas delas para muita construção de mundo, em Mistborn há pouca construção de mundo para muita ação.

Até o próximo sábado devo acabar.

 

Novamente obrigado a todos por não erguerem seus ancinhos e partirem em perseguição ao autor atrasado.

Na próxima Semana estarei no horário programado, e caso não esteja colocarei uma foto em que me visto de Barbie ao final do post.

Comentem seu ódio por meus comentários, sintam-se livres para defender os injustiçados, digam o que estão lendo, reclamem que nada chega ao Brasil e deem suas opiniões sobre como posso aprimorar a coluna (voltando a comentar com mais alegria? Não se preocupem, em breve acontecerá).

Até a próxima Semana.

Vão em paz e que a criatividade esteja convosco!

Menções Honrosas

exiledroyal streetsrevenge is sweetfirst darknesstrigger bruiserison of the isles



Categorias: Notícias Subterrâneas
Tags: , , , , , , , , , ,

Lorde Worth

Caçador de Hobbies exóticos, leitor obsessivo e jogador compulsivo.

Comentário sobre Notícias Subterrâneas: Semana 28

  1. Ronaldo Cavalcante (@RonaldoCav)

    Ueeeebaaaaaa¹ chegou notícia no meu mail.

    Ueeeebaaaaaa² tem coleguinhas na lista de hoje. Muito bom. fico feliz.

    Chessuis!!! Tabuleiro parece MUITO bom… louco pra me perder nessa trama louca política. A sinopse tem um ótimo ritmo, não achou?

    Calisto me chamou a atenção somente porque gosto desse lado negro das coisas… Meu catequista me perdoe, mas o mal me fascina hehehe. Acho que faltaram algumas virgulas na sinopse, mas tudo bem…Quanto a sua ligação, Sr. Worth, me rachei de rir kkkkk.. e adoro mary sues da vida.

    Como fã da saga dos vampiros, menos do Edward, claro, quero q ele quebre como um mármore solto de um edifício, Acho que gostarei bastante de Forever Girl.

    Muita, mas Muita pausa pra respirar kkkkkk “qual a origem disso” me fez cuspir meu café da tarde!! Parabéns, Sr. Worth.
    Pelas baaarbas, que nomes hein?… realmente nada sonoros. um belo AAAARGH pra todos eles. Mas depois q vc repete várias vezes até fica legal, ou não.
    A sinopse leva a entender que, sim, ele terá poderes… meio que uma mistura de professor Xavier, Jean, Emma Frost, Sábia e as Gemeas StepFord? Fora que já fala que ele vai acordar, mas com o corpo debilitado…. looogo uma ajudazinha telecinética cairia bem, não?

    Acabo de acender 3 velas pretas aqui para um certo alguém atrasar as próximas noticias. Promessas assim não se fazem, Sr. Worth, despertam uma porção de más intenções nos seus leitores, imfelizmente, humanos. Vc VAI atrasar de novo. Muaaaaaa-ghahaha ( e nada de montagens!!!)

    hmmm… quanto ao aprimoramento não saberia opinar ainda, sou novo aqui ainda. Gosto de como está…

    Ainda estou lendo Dragões de Éter e estou adorando… acho q descobri um furo nos acontecimentos, mas estou realmente adorando.

    Vlw!!!!

Adicione um comentário