» Literatura

Vídeo Resenha: Carbono Alterado

Publicado em by Gustavo Domingues | em Diversos, Vídeo Resenha | Deixe um comentário  

Carbono Alterado é um livro Cyberpunk Noir escrito por Richard Morgan e lançado no Brasil pela Bertrand Brasil.

Vídeo Resenha: O Feiticeiro de Terramar

Publicado em by Gustavo Domingues | em Vídeo Resenha | Deixe um comentário  

Um dos livros mais influentes da fantasia, escrito por uma das autoras que teve mais sucesso tanto em fantasia como em ficção científica.

Saque do Rei Grifo – Novembro

Publicado em by Gustavo Domingues | em Saque do Rei Grifo | Deixe um comentário  

Estes foram o livros que eu recebi no mês de Novembro de 2017.

Top 10 Clássicos da Fantasia que tem que vir para o Brasil

Publicado em by Gustavo Domingues | em Vídeo Resenha | Deixe um comentário  

Hoje eu fiz uma lista das sagas clássicas de livros de fantasia que eu acho mais urgentes de serem lançadas no Brasil.

 

Saque do Rei Grifo

Publicado em by Gustavo Domingues | em Saque do Rei Grifo | Deixe um comentário  

Venha ver o que eu saqueei em Outubro!

Vídeo Resenha: Assassinato no Expresso do Oriente

Publicado em by Gustavo Domingues | em Resenha, Review, Vídeo Resenha | Deixe um comentário  

Com uma nova adaptação em breve nos cinemas, Assassinato no Expresso do Oriente é um clássico policial e um dos livros mais conhecidos de Agatha Christie.

Vídeo Resenha: O Olho do Mundo

Publicado em by Gustavo Domingues | em Resenha, Review, Vídeo Resenha | Deixe um comentário  

O Olho do Mundo é o início de uma jornada épica! Vamos começar?

Review: Artemis Fowl – O menino prodígio do crime

Publicado em by Dani Toste | em Review: Literatura | 5 Comentários

Voltando a falar de literatura infanto-juvenil, resolvi falar de um livro que li por recomendação do meu colega de podcast Gustavo:

Capa do Livro "Artemis Fowl - O menino prodígio do crime de Eoin Colfer

Título: Artemis Fowl: O menino prodígio do crime | Autor: Eoin Colfer
Tradutor: Alves Calado | ISBN: 978-85-01-06088-4 | Páginas: 286
Edição: Rio de Janeiro: Galera Record, 2010

Artemis Fowl é o personagem que dá nome ao livro, um garoto de 12 anos com uma mente assustadoramente maquiavélica e um coração perigosamente frio, muito bem descrito com o “menino prodígio do crime” no título brasileiro. Continue lendo…

Review: O Mágico de Oz

Publicado em by Dani Toste | em Review: Literatura | 2 Comentários

Hoje vou fazer um review de um livro que eu queria ler há muito tempo, mas que tinha dificuldade de encontrar uma edição legal para comprar. Aliás, esse é o maior problema dos clássicos de domínio público, acabam gerando tantas opções de compra que fica difícil saber ao certo o que escolher para ter acesso ao conteúdo integral.

Capa do livro "O Mágico de Oz" de L.Frank Baum da Leya

Título: O Mágico de Oz | Autor: L. Frank Baum
Tradutor: Santiago Nazarian | ISBN: 978-85-8044-035-5 | Páginas: 189
Edição: São Paulo: Barba Negra: Leya, 2011

O Mágico de Oz é uma daquelas histórias que a maioria das pessoas conhece, ainda que superficialmente, mesmo sem nunca ter colocado os olhos no livro (assim como Peter Pan, ou Alice no país das maravilhas). Então Continue lendo…

Primeiras Páginas: O Livro do Cemitério

Publicado em by Dani Toste | em Review: Primeiras Páginas | 2 Comentários

Eu li poucas coisas do Neil Gaiman: o Stardust e o Coraline, e embora eu não seja precipitada em gostar de autores, devo dizer que fiquei com uma boa sensação em relação a este, já que não apenas eu gostei, mas me apaixonei perdidamente pelas obras dele que experimentei. E então, com esse pensamento, resolvi começar a leitura do “O Livro do Cemitério”, que além de tudo me veio recomendadíssimo por um amigo.

Capa do Livro "O Livro do Cemitério" de Neil Gaiman

Título: O Livro do Cemitério | Autor: Neil Gaiman
Tradutor: Ryta Vinagre | Ilustrador: Dave McKean
Edição: Rio de Janeiro: Rocco Jovens Leitores, 2010
ISBN: 978-85-7980-012-2 | Total de Páginas: 329
Páginas Lidas: 84 (26%)

“O Livro do Cemitério” faz parte dos livros infanto-juvenis do Neil Gaiman, e acho que o estilo de escrita é bem apropriado a isso. Como a única obra não-infantil que li do Neil Gaiman foi uma Graphic Novel, não sei dizer ainda se esse é o estilo natural do autor ou se isso é específico de sua escrita voltada ao público mais jovem. De qualquer forma, Continue lendo…